BOTOX, efeito preventivo contra rugas e sinais


A Toxina Butolínica, nome científco do Botox, é prodizida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum causador butolismo que, utilizada na estética e nas medidas certas, é inofensiva ao organismo, causando apenas os efeitos desejáveis de suavizar rugas e linhas de expressão da região da face pelo seu poder paralizante usado de modo extremamente seletivo.  

 

O Botox está autorizado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)  no Brasil desde 1992 para uso do subtipo A para fins estéticos e terapêuticos, bem como na hiperidrose.  

 

Quais são as indicações desse tratamento?  


O Botox é indicado para  suavizar e prevenir linhas de expressão e rugas no rosto como aquelas formadas na região da testa, na glabela (espaço entre as sombrancelhas), pés de galinha e rugas que se formam na região dos olhos, trazendo resultados mais visíveis que o uso tópico de cremes e outras substâncias para essa mesma finalidade. 

 

A substância permite a inibição da contração da musculatura do rosto, impedindo a firmação da linha de expressão que marca a pele, bem como eliminando a tensão sobre os olhos que formam as rugas e pés de galinha ou mesmo quando sorrimos.  

 

Como se dá os benefícios do Botox?  


Nos casos das linhas de expressão, de 2 maneiras:

 

  • Preventivamente, paralizando a contração muscular que forma as rugas;
  • De maneira "reparativa", ao descansar o músculo e amenizando as rugas causadas por ele. 

Como é feita a aplicação?  

A substância é injetada sobre a terminação nervosa do músculo da região tratada, previamente anestesiada por meio tópico para suavizar a sensação das picadinhas.   

 

Quais as reações podem causar? 


A aplicação não deixa cicatrizes e o procedimento não demanda de cuidados prévios. Após as aplicações, deve evitar atividades físicas ou movimentos bruscos com a cabeça prevenindo que a sustância seja totalmente absorvida nas regiões das terminações nervosas, sem o risco de espalhar-se e diluir o efeito.

 

Qual a sua duração?  


O organismo tende a acostumar-se e reagir à substância o que provoca a paralização desejada. Assim sendo, deve-se obedecer um tempo ideal de 3 a 6 meses entre as aplicações, evitando que o organismo torne-se resistente à substância. Entretanto, os retoques, devem ser feitos nos 10 dias após a aplicação.  

 

O uso frequente entretanto, não causa a perda de expressão, apenas o descanso muscular.  

 

Saiba mais sobre esse e outros tratamentos rejuvenescedores e preventivos, agendando uma avaliação gratuita com uma das consultoras da Clínica pelo fone 19 3251 1100, de segunda à sábado. 

 

La Forme Center - Sua Clínica de Estética e Bem-Estar.

Rua Barreto Leme 2559 - Cambuí - Campinas/SP. Estacionamento próprio e manobrista. Atendimento unissex de segunda à sexta, das 7h às 21h e, aos sábados, das 8h às 13h.

Avaliação estética gratuita. Fone 19 3251 1100. www.laformecenter.com.br